Guia estratégica para escolher o seu Marketplace

mulher surpresa olhando para o seu notebook

Como escolher o seu Marketplace para vender online ?

Fala galera! Espero que vocês estejam muito bem, e hoje vamos iniciar a segunda parte de um artigo precedente sobre E-commerce e Marketing digital. Mas aqui, vamos ver mais em detalhes a estratégia marketing para poder criar loja online e vender em um marketplace, ou seja, uma plataforma de lojas online funcionando sobre o modelo de drop shipping. Então vamos lá !


O que é, e como funciona um marketplace ?

Marketplace ou “praça de Mercado”, sabe aquele lugar onde você gosta de comer pastel? Isso mesmo, o marketplace trabalha sobre o mesmo princípio que a feira. Varias ofertas, mesmos produtos, mas diferentes vendedoras, tentando nos atrair com pedaços de frutas, porque eles sabem que respondemos à um instinto básico.

Inicialmente o Marketplace era um lugar reservado ao comércio B2B, ou seja entre profissionais, geralmente para responder à um leilão de ofertas disponíveis no mercado. Hoje em dia você pode achar 3 tipos de marketplace : o B2B (Business to Business) venda entre profissionais, o B2C (Business to Consumer) onde profissionais vendem para clientes privados, e o C2C (Consumer to Consumer) onde consumidores vendem para outros consumidores.

Agora que sabemos quem você é, e para quem você pretende vender, falta saber o que você vai vender.

Qual será o seu Tipo de oferta : Produtos ou serviços?

Existem vários tipos de Marketplace para vários tipos de produtos e serviços. Mas antes de dividir entre esses 2 grandes tipos, você precisa definir quais são as atribuições dos seus produtos ou serviços.

Seus produtos ou serviços são sazonais ou podem ser comercializados durante o ano inteiro? Eles são duráveis? Eles são bens comuns ou anômalos, ou seja, se eles correspondem à produtos que geram compras do dia a dia ou ocasionais? São bens de consumo ou industriais? E por aí vai.

Seguindo, uma Lista de Marketplaces divididos entre produtos e serviços, evidentemente essas listas são non exaustivas (eu não sou o Google), e tem somente por finalidade de ajudar você com alguns exemplos.


Marketplace de Produtos

  • Amazon (O Monstro Americano)
  • B2W (varejo de bens comuns)
  • Marcado Livre (primo do Amazon, vende até o seu vizinho)
  • Etsy (produtos artesanatos)
  • Submarino (basicamente quase tudo também)
  • Americanas (bens de consumos e semiduráveis)
  • Shoptime (o Carioca)
  • Ebay (Leilão)

Marketplace de Serviços

  • GetNinjas (profissionais para todos tipos de serviços)
  • Uber / UberEats (entrega pessoas e comida. E também pessoas com comia você que sabe, quem sou eu para julgar)
  • Rappi (entrega de comida e mercadorias)
  • Ifood (Aquele que sempre te atrapalha quando está ouvindo alguma coisa no Youtube)
  • Encontre Um Nerd (quase o Tinder do TI e informática)
  • Bicos (serviços domésticos)

Quais são as Vantagens de vender no Marketplace?

  • Menor custo e gastos
  • Automatização do processo
  • Certeza de ser pago e de vender
  • Fácil e rápido de utilização
  • Alcançar um numero importante de clientes

Uma pesquisa realizada pela UPS em 2019 mostrou que 95% dos consumidores brasileiros utilizam marketplaces. E hoje mais do que nunca!

Quais são os critérios para escolher o seu marketplace?

Será necessário levar em conta varias variáveis antes de escolher a sua plataformas, e se fazer varias perguntas preliminares para que ele seja adaptado à sua estratégia, seu tipo de cliente, o seu tipo de oferta e de negócio.

1- Preço ou Comissão

Você jà pensou ao preço que vocês estão pronta, ou capaz, de gastar para o uso de uma plataforma online?

Na maioria dos casos as plataformas online funcionam sobre um sistema de comissão sobre vendas, ou seja um porcentagem, ou preço por cada uma. Além de fornecer uma vitrine para milhares de pessoas e o serviço de entrega, espero que vocês caso estava pensando achar uma gratuita como varias pessoas. Não se pode ganga dinheiro sem investimento. E isso faz parte do mesmo principio.

Procure à saber : qual é o preço praticado? durante quanto tempo? Na base de coisas ou preço fixo? O que é incluído no preço?

2- Quantidade e qualidade do Trafego

Isso vai depender dos seus objetivos e da quantidade de produtos que você quer, e é capaz de vender. Bom lembrar que para alguns produtos não necessita vender muito para fazer uma “Plus Value“. É importante escolher a sua plataforma em função do seu tipo de produto e cliente.

3- Tipo de plataforma

Qual é o modo de funcionamento da plataforma online? Ela tem um publico especifico? Um tipo de produtos específicos ? Como funciona a concorrência nessa plataforma ? Ela usa um sistema de leilão? etc.

4- Facilidade de uso e Interface

A plataforma online é fácil de uso? você pode facilmente adicionar os sues produtos online? Como são gerenciados os estoques? etc.


Obrigada pela sua leitura, no próximo episódio veremos a estratégia de venda para o seu produto no Marketplace. Keep in Touch!

Aqui para Colocar mais Spark na sua Vida.

Deixe uma resposta